Fábrica é inaugurada em Simões Filho. Mais um projeto da Serra Engenharia.

December 22, 2015

      Na manhã desta quarta-feira (13), foi inaugurada uma linha de produção de nacelles, no Centro Industrial de Aratu (CIA,  no município de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS). O equipamento, que antes era importado da Espanha, é popularmente conhecido como a casca de armazenamento do aerogerador, e em território brasileiro passa a ser produzido apenas em solo baiano.

      A cerimônia foi presidida pelo governador da Bahia, Rui Costa, acompanhado pelo Prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar. e o presidente mundial do Grupo ACCIONA, José Manuel Entrecanales.

Para o governador Rui Costa, que participou da cerimônia, na sede da empresa Acciona Windpower, no bairro CIA Sul, a Bahia dá mais um passo para a consolidação da cadeia produtiva de energia eólica. “Agora, vamos produzir equipamentos importantes para o desenvolvimento do Brasil e, com certeza, na cadeia produtiva da Bahia. A energia eólica é uma das prioridades do governo. Hoje, o setor ganha projeção nacional e internacional pela contribuição na economia, na produção de emprego e renda”.

 

      “A instalação da ACCIONA em Simões Filho representa o avanço para a cadeia produtiva do município, além de ganhar mais visibilidade e de promover desenvolvimento econômico com a geração de emprego e renda” pontuou o prefeito Eduardo Alencar.

Na Acciona, que opera na Bahia desde 2012, já era fabricado o cubo eólico – peça responsável pela fixação das palas (hélices) e pelo equilíbrio da captação de ventos, e as torres de concreto. Com a ampliação do ciclo de produção, mais de 650 empregos foram criados de forma direta e indireta.

      O diretor da empresa espanhola no Brasil, Cristiano Forman, conta o que mudou com a ampliação dos serviços prestados. “Agora a gente tem capacidade de montar cerca de 100 geradores completos por ano. Essa montagem vai ser boa para todo mundo. Estamos tentando atrair fornecedores de componentes para a região. Estando em Simões Filho, somos competitivos para desenvolver os projetos da Bahia que são grande parte dos projetos do Brasil”, explicou.

      Os aerogeradores são equipamentos destinados à transformação da energia dos ventos (eólica) em energia elétrica e sua adaptação nas diferentes condições de vento permite uma produção elevada com o menor custo da energia.

      O grupo ACCIONA é o maior produtor independente de energias renováveis no mundo e sua fábrica promete ser a máxima expressão da aposta industrial pelo mercado eólico brasileiro.

 

Capacidade de 100 unidades por ano

      A fábrica da ACCIONA Windpower tem capacidade de produção de 100 turbinas por ano (300 MW), com opção de ampliar a produção em até 200 turbinas por ano (600 MW), conforme a demanda. Estas turbinas se encontram dentro da maior faixa de potência das turbinas instaladas no Brasil – 3 MW –, com as maiores dimensões de rotor, – até 125 metros de diâmetro –, e são instaladas sobre torres de concreto de 100 e 120 metros.

      A planta, que ocupa um terreno de 5 mil m², com mais 7 mil m² de espaço adicional para o manejamento das turbinas, gerou 150 empregos diretos e 500 indiretos, e nela também é realizado o trabalho de produção de cubos eólicos que a ACCIONA Windpower já produzia desde 2013, em local muito próximo da planta atual.

 

FONTE: http://www.simoesfilhoonline.com.br/acciona-fabrica-e-inaugurada-em-simoes-filho/

Please reload

© 2017 por SERRA ENGENHARIA.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon